Bloco Esfarrapado

O mais antigo e tradicional bloco de carnaval de São Paulo

Bloco EsfarrapadoTodos os anos, desde 1947, na Segunda-feira de Carnaval

Próximo desfile: 12/02/2018
Local da concentração: esquina das Ruas 13 de Maio e Conselheiro Carrão
Horário: a partir das 10 horas da manhã
Quanto: gratuito
Fantasia: à sua escolha

Quer se divertir? Vem pro Bixiga!

O Bloco Esfarrapado foi fundado em 1947 por um grupo de moradores do Bixiga. Era uma segunda-feira de carnaval e os amigos Armandinho Puglisi, Walter Taverna, Tinin, Capuno, Carabina, estavam reunidos na porta do Cine Rex, pensando em algo que pudessem fazer para animar o dia.

Armandinho, ao centro, vestido de grávida - 1947

Armandinho, ao centro,
vestido de grávida – 1947

Eles decidiram montar um bloco para divertir as pessoas, então pensaram em se vestir de mulher e sair às ruas batendo latas. Cada membro do grupo foi até sua casa para providenciar uma roupa. Armandinho vestiu-se de grávida e, embora nem todos tenham se vestido de mulher, cada um arrumou um traje diferente para entrar na brincadeira.

Batendo latas e fantasiados, eles saíram pelas ruas do Bixiga cantando e encantando as pessoas naquela tarde de carnaval. Os esfarrapados paravam na frente das casas, como numa serenata, e as pessoas lhes davam vinho e comida.

E assim surgiu o primeiro bloco de carnaval de São Paulo, que até hoje junta foliões de todas as gerações. São 70 anos de alegria.

Esfarrapado Na RuaO bloco tem este nome porque a ideia era que as pessoas saíssem às ruas com fantasias improvisadas, cujo principal destaque seria a criatividade. Muitos se fantasiavam com roupas velhas e cheias de retalhos, verdadeiros farrapos. Esta continua sendo a principal característica do bloco, a liberdade criativa, apesar de hoje já serem vendidos abadás.

Esfarrapado TrioE a brincadeira de um grupo de amigos tomou proporções inimagináveis. Estima-se que 70.000 pessoas participaram do Bloco Esfarrapado em 2017.

O Bixiga mudou muito de 1947 para os dias atuais, mas é um dos bairros que mais lutam para manter a sua história viva. Os organizadores do Bloco Esfarrapado fazem questão de manter algumas tradições, como a banda de fanfarra, que toca na concentração do desfile para abrir os festejos, e as velhas marchinhas de carnaval durante o percurso.