Achiropita

topo2
Nossa Senhora Achiropita é a padroeira do Bixiga.

Quando os primeiros imigrantes aqui chegaram, trouxeram no coração a sua fé e uma imagem da Santa, que passou a ser venerada pelos fiéis.

A imagem de Nossa Senhora Achiropita ficava na casa do senhor José Falcone, onde os devotos se reuniam para fazer novenas. Como todos concordavam que a santa precisava de uma capela, começaram a organizar festas durante o mês de Agosto para arrecadar verba.

Uma capelinha rústica foi construída em 1918, onde hoje é a atual igreja, mas era tão simples que quando as pessoas iam rezar tinham que levar seus próprios bancos para sentar.

Em 1926 a capela passou para a condição de paróquia e com isso passou a ter o direito de ter sacrário, batistério, pia batismal, livro do tombo e livro de registros de batizados, casamentos e óbitos.

Em pouco tempo a igrejinha ficou pequena para tantos devotos. A necessidade de recursos fez com que a quermesse ganhasse mais força, e crescesse tanto que hoje se tornou uma das maiores festas religiosas do país.

A festa de Nossa Senhora Achiropita já faz parte da cultura da cidade de São Paulo.

Achiropita-2Além de ser uma festa religiosa é também uma celebração da comunidade italiana do Bixiga. Todos os anos, durante o mês de Agosto, trinta barracas, instaladas entre as ruas 13 de Maio, São Vicente e Doutor Luiz Barreto servem comidas típicas da península em meio à muita tarantella.

O evento gastronômico recebe em torno de 250 mil pessoas durante o período das festividades. Mais de 1000 voluntários trabalham na festa e muitas toneladas de alimentos são produzidas por dia de festa. Mais de 12 mil fogazzas são vendidas em uma única noite.

A data de celebração à Nossa Senhora Achiropita é 15 de Agosto, dia de sua assunção. Todo dinheiro arrecadado com a festa é revertido para as obras assistenciais da igreja.

Conheça algumas:

C.E.D.O – Centro Educacional Dom Orione:  atende 450 crianças e adolescentes no contra turno escolar, com idade entre 6 e 18 anos.
Creche Mãe Achiropita: atende diariamente 194 crianças, de 01 à 04 anos de idade, das 07:00 às 17:00 horas.
Casa Rainha da Paz: abriga e auxilia homens em situação de dependência química.
Casa São José: atende cerca de 180 idosos mensais em situação de vulnerabilidade social, física e financeira.
Centro Jurídico: serviço de atendimento jurídico, psicológico e também serviço social, à população em situação de vulnerabilidade da região central da cidade de São Paulo.
Casa Dom Orione: atende pessoas em situação de vulnerabilidade, buscando  assim, prover as suas mais diversas necessidades.

A História de Nossa Senhora Achiropita

Achiropita-3Num tempo muito distante, por volta do ano 580, um senhor conhecido como capitão Maurício enfrentou uma terrível tempestade em alto mar. Quando ele percebeu que suas chances de sobrevivência eram mínimas, ele pediu ajuda para Nossa Senhora e prometeu que construiria um santuário em sua homenagem caso se salvasse.

O milagre aconteceu! Os ventos mudaram a direção da embarcação e o capitão e seus tripulantes conseguiram salvar-se.

Grato à Maria, o capitão Maurício construiu o santuário para a santa na cidade de Rossano, região da Calábria na Itália.

A igreja precisava de uma bela imagem e um grande artista foi contratado para fazer a pintura de Maria.

Só que um estranho fenômeno começou a acontecer: tudo que ele pintava durante o dia, misteriosamente desaparecia durante a noite.

Foram colocados vários vigilantes para impedir que os intrusos continuassem a danificar a pintura

Uma certa noite, porém, uma mulher com uma criança no colo pediu gentilmente para entrar na capela e rezar. De início os vigilantes não permitiram sua entrada, mas ela pediu de forma tão amorosa que obteve a permissão.

A senhora e a criança entraram na igreja, mas não saíram. O vigilante resolveu, então, verificar o que estava acontecendo e quando entrou na capela a mulher havia sumido, mas sua imagem com a criança no colo estava estampada no lugar da pintura.

O vigilante saiu gritando pelas ruas “Nossa Senhora Achiropita! Nossa Senhora Achiropita!”.

Achiropita vem de a-kirós-pita, que significa ‘não pintada por mãos humanas’.

Desde então Nossa Senhora Achiropita passou a ser adorada na cidade de Rossano, na Itália, e também é muito amada por toda a comunidade do Bixiga.